terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Causa e Efeito

"O que move os seres humanos a atribuírem
a terceiros os méritos que lhes conquistaram o seu TODO?
A vida se torna tão mais didática quando se confessa,
para ninguém além de si mesmo!
A LEI DA CAUSA E EFEITO só acomete seus protagonistas,
que por vezes reconfortam-se no circulo da ignorância
e passam o tempo de uma vida sem que suas mãos saboreiem
a sensação de colher fruto saudável.
"Tu te tornas eternamente àquilo que cultivas!"
Somos reações presentes e futuras de toda a nossa CAUSA.
Teste-se! busque na memória o período mais recente a vida
foi mais prazerosa, ou desde quando viver se tornou sofrível?
Como e Quem foi você nestas ocasiões?
E a resposta virá clara!
E com ela o entendimento de que não exitem
influências boas ou más.
O que existe é a força de vontade em cada um!"

(Andy Souza)

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Pense!

Sabe, quando perdemos alguém querido passamos enxergar as qualidades e deixar de lado os defeitos, que colocamos naquela pessoa, só enxergamos aquilo que nos fascina na mesma  quando ela deixa de existir em nossas vidas por algum motivo.
Passamos o tempo todo reclamando, e não tiramos 10 minutos para agradecer as oportunidades que a vida nos dá!
Programados para consumir, ser aquilo que não somos  e conquistar mais e mais!
 O Bestiário foi uma oportunidade única de expressar aquilo que sentimos e sabe o que é engraçado, eu sinto muito em não ter tempo para aproveitar essa ferramenta. Mais estou aprendendo a administrar o meu tempo. 

Sinto em perder o meu tempo com discussões desnecessárias, me importar com quem não se importa, e valorizar quem não se valoriza!
É muito eu, (egoísmo)  e nós está em extinção, e ai fico pensando: 
Onde foi parar aquele tempo que uma boa conversa agregava conhecimentos e acima de tudo novas e boas amizades.

Por trabalhar com o público há 8 anos, vivo observando o comportamento das pessoas, e hoje quando elas não estão vidradas em seus smarphones ( como eu, viciado) estão fechadas para aquilo que está ao seu redor.  A Vida.


A Vida que em um piscar de olhos pode deixar de existir, birra, inimizade, gente tem pessoas que não se conhecem e já dizem: Não curto aquele cara, nossa aquela menina é fresca, peraee! 
Desacelera por favor... Onde queremos chegar? Voltar a Pré história? 
Tá faltando contato, respeito com o próximo, estou com medo dos meus 40 anos já que hoje padrão de beleza, dinheiro no bolso e influência na noite vale mais que caráter! 

Sou intenso e sincero, mais me decepciono em saber que essa geração pode ser o regresso de uma sociedade fechada, preconceituosa e imatura !
Ou evoluímos com vontade ou seremos extintos! 
Pensem Nisso!

Abraço e boa semana, Flávinho obrigado pelo o espaço viu! Beijão!

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Felizes são os sabedores da palavra e dominadores de tal poder.
Bem aventurados aqueles que a tomam por sua pacificidade harmônica
e candura. E piedade àqueles que a inflamam, deturpam e tomam-na
por arma, adaga que fere o próximo. Sangrar uma alma, qualquer alma,
não frutifica em nada além de cicatrizes e marcas eternas em si mesmo!
Por sorte, esta ampulheta em que se resume a existência terrena,
como um oráculo, oferece ensinamentos aos dispostos. Contudo as cicatrizes  trazidas pelas duas pontas ferinas de uma mesma língua, serão sempre o algoz de seu proferidor. Para não mais tornar a fazê-lo.

domingo, 10 de novembro de 2013

Uma Ode à metade...

Sabe... eu viveria sem você... viveria sem você...
Eu sorriria sem você, cantaria sem você,
Eu curtiria sem você, sairia sem você,
Eu trabalharia sem você, gastaria sem você,
Eu viajaria sem você, faria amizades sem você,
Eu teria filhos sem você, faria festas sem você,

Sem você, eu seria uma pessoa normal, eu seria ideal,
Sem você eu faria planos, eu cometeria enganos,
Sem você, apenas meu eu e meu apê.

Viveria sem você... Mas eu não quero,
Sorrir sem você eu sou capaz, um sorriso torto, rapaz
Cantar, curtir e sair eu consigo, pela metade apenas, te digo
Trabalho, gasto e viajo sim, se você não vem, destempero, enfim

Pela metade eu seria, sem você eu viveria
De todas as metades que tenho, que me fazem inteiro

A melhor é você, na descida e sem freio.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Nú ( Manuel Bandeira ) (Hackermann )

Galera Osmar Hackermann na área invadindo o Bestiário, convidado pelo o Fênix com muita satisfação vou passar a compartilhar com vocês alguns pensamentos e para começar a semana, vou dividir um dos meus poemas favoritos do Manuel Bandeira, espero que vocês gostem! Obrigado Flavio pelo o convite! Boa semana pra todos!

 Nú

 Quando estás vestida, 
 Ninguém imagina
 Os mundos que escondes Sob as tuas roupas. (Assim, quando é dia, Não temos noção       Dos astros que luzem e brilham).
 No profundo céu. 
 Mas a noite é nua,
 E, nua na noite, Palpitam teus mundos
 E os mundos da noite. 
 Brilham teus joelhos, Brilha o teu umbigo, Brilha toda a tua Lira abdominal. 
 Teus exíguos - Como na rijeza Do tronco robusto Dois frutos pequenos 
- Ah, teus seios! Teus duros mamilos! Teu dorso! Teus flancos! 
Ah, tuas espáduas! Se nua, teus olhos Ficam nus também: Teu olhar, mais longe, Mais lento, mais líquido.
 Então, dentro deles, Bóio, nado, salto Baixo num mergulho Perpendicular. Baixo até o mais fundo De teu ser, lá onde Me sorri tu'alma Nua, nua, nua... 

 Manuel Bandeira
Enquanto isso, na Terra dos Golias, 
vence o Davi que for mais esperto!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Me entrego...


Declaro minha entrega, declaro meus pterodáctilos no estômago, declaro o descontrole emocional, minha insanidade, minha coragem, meus limites transpostos.
Filantrópico, utópico e irracional ? Não mais.
Recíproco, real e racional? Cada vez mais.
Incerteza é uma condição intrínseca á palavra Vida. Viver é ser incerto, duvidoso, arriscado mas tremendamente e deliciosamente bom.
Deixar que atitudes obtusas, pequenas e egoístas sejam massa esmagadora na maneira de viver é ser covarde e imaturo. Infelizmente o amadurecimento mental acontece tardiamente ao amadurecimento físico, mesmo assim somos capazes de sermos diferentes e maliciosamente maduros depois dos 30 anos, a vida ainda nem começou. Quando você finalmente aceita que certas coisas não estão no seu controle você encontra o pote de ouro do fim do arco-íris.
Pessoas são diferentes e é nisso que está a graça da vivência em um relacionamento, se você procurar a perfeição em alguém, vai terminar dentro de um quarto, olhando o espelho e se perguntando: Porque?
Acredite, são nos defeitos que estão as maiores virtudes de um ser humano, sendo capaz de abdicar de certas crendices e carregar consigo um espelho que reflita os seus próprios você terá encontrado a fórmula da felicidade. Pessoas não possuem donos, pessoas têm parceiros, ninguém nasceu pra ficar sozinho, agregar? Talvez... Aposto muito mais no somar e dividir, quem vem somente para agregar, sobrepõe o fundamento dos relacionamentos, onde, acredito eu, somos naturalmente peças que se completam no quebra cabeças chamado Amor.
Ele vem, de uma maneira ou de outra, o amor acontece, é nosso destino, acredite.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Bláh, Amor?

Engana-se quem acredita na perspectiva amorosa do ser humano, engana-se quem acredita que felicidade é sinônimo de estar bem, ser bem ou viver bem. Felicidade e Amor não podemos negar que estão conectados em todos os sentidos... Não falo do amor de pele, porque esse é o menos importante dos "amores"... o amor de pele passa, assim como passa uma gripe. Hoje acredito que mais importante que o amor é o próprio amor mas nas definições que a vida propõe. Quantos tipos de amor existem? Inúmeros. Quantos tipos de amor conhecemos? Quase nenhum. Quantos tipos de amores aproveitamos? Acho que essa é a grande questão, aproveitamos todos os tipos de amores nos 95% de inconsciência do nosso cérebro, diariamente doamos e recebemos amor de todos os tipos, no entanto temos a maldita mania de querer apenas um deles, o maior erro do ser humano. Centenas de músicas falam de amor e o mais engraçado é que cada um de nós entende á sua maneira as diversas letras dos diversos artistas que passam suas mensagens através da música. Cito isso pois hoje me ocorreu que amamos de forma totalmente errada, amores não vêm e vão, amores são vistos ou não mas ele existe desde a hora em que você abre seus olhos pro mundo pela manhã (ou não) até a hora em que você vai se deitar, inclusive em sonhos ele insiste em aparecer e nós, completamente ignorantes e aproveitadores apenas de 5% de nossa capacidade mental acreditamos apenas na forma física do amor.... Amor é apenas uma palavra... Insistentemente tento me livrar dele, tão ignorante quanto acreditar em apenas uma forma desse sentimento. Sim, é impossível tentar reverter esse quadro, não fomos capacitados para isso... No entanto, é ou não é o melhor sentimento do mundo? Como disse Carolina Ferraz em "Amarello Amor" : o resto são apenas bobagens meninos, apenas bobagens. Hoje acredito muito mais que existe muito mais... E a curiosidade pra descobrir o que vem depois é uma coisa que me mata diariamente, assim como matamos muitas vezes o tal do amor que nos é dado todos os dias.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Entrevista Feita por um Blog

Quem é Flavio Fenix? Conte-nos um pouco sobre sua história.
Bom, Flavio Fenix surgiu em 1998, como Flavio S., que virou Fenix só em 2008, rsrs.
eu peguei meu primeiro fone de ouvido por volta de 95, com alguns amigos que tinham equipamentos e faziam festas
por aí, me encantei quando travei um disco de vinil no dedo e soltei em cima de outra música, fazendo uma "mixagem",
era black music, pois na época era o que se ouvia, desde então não consegui mais parar, meu dinheiro começou a ser
dedicado á comprar meu próprio equipamento, o que consegui comprar no ano seguinte foi um par de turntable da CCE
com o pitch frontal, um botãozinho de girar, um lixo, a correia era uma borracha tosca, rsrs mas foi o que deu pra comprar
aí comecei a brincar em casa, longe de todo mundo, porque eu morria de vergonha, aí apareceu o CD, por volta de 2002
consegui comprar um par de CDJ da Gemini, o G20, tão tosco quanto, rs...em 2009 conheci um grande amigo, que me convidou
pra ser residente em uma boate em Campinas, daí pra frente não parei mais.

E quando surgiu o interesse por música eletrônica?
Eurodance, foi a época musical que mais me marcou, quando surgiram artistas como a Corona, o Double you, Black box,2 unlimited,
Ace of base, a época dos famosos passinhos na pista de dança, ao poucos a eurodance começou a invadir as pistas de black music
e a tomar conta, nessa época me apaixonei.

Como você define o seu som? Quais suas referências musicais?
Eu sou muito suscetível, gosto de muito das coisas que ouço, sou bem eclético, infelizmente não é possível levar tudo o que eu gostaria
para uma pista de dança, principalmente para o meio GLS, onde o preconceito musical é muito grande, no entanto eu gosto
muito das batidas pesadas do tribal, que ainda é o mais forte no nosso meio. Meu som traz uma mistura, não gosto de manter
uma pista hipnotizada na batida frequente, aquela hipnose que te mantém fazendo o mesmo movimento com as perninhas
por horas,gosto dos vocais, gosto das introduções, AMO introduções melosas, adoro aqueles "stops" no meio do set, de fazer
as pessoas prestarem atenção ao que estão ouvindo, minha maior referência sempre foi e continua sendo o Dj Cesar Machia, gosto muito
também as produções do Dj Dinho Secco, E-thunder, J-Zuart,

Como você escolhe as músicas que compõe seus sets?
Basicamente pelo que ela me "causa" quando escuto, rs, não toco qualquer produção, mesmo que seja de um Top Dj, ou um amigo Dj, se eu
não gostar da música, dificilmente vou tocar, com o tempo você refina seu ouvido. Visito blogs de amigos, blogs internacionais, sites
de Dj's produtores, tem MUITA coisa boa que não é tocada sabia? e está lá, gritando, pedindo pra ser tocada. As músicas são escolhidas
na hora, de acordo com a pista, o mais importante é o feeling, a conexão com a pista de dança, afinal de contas eles não estão lá só
pra te ouvirem e você não está lá só pra tocar o que eles querem, o DJ e a pista de dança estão lá para se "conectarem", a Vibe da noite
não é feita só por um dos lados, é uma mão dupla, uma troca.

O que é fundamental para ter uma boa vibe com o público?
RESPEITO. É extremamente importante dar ouvidos ao seu público, o Dj tem que ser capaz de fazer o julgamento do que entra e do que não
entra no set, os pedidos durante a noite são muitos mas não é possível atender á todos, ás vezes uma única música errada
que você tocou porque aquele cara não saía do seu pé é capaz de derrubar uma pista de dança, é capaz de fazer as pessoas irem embora.
E é responsabilidade do Dj apresentar coisas novas, não é só escolher as Top 10, gravar em um CD, e subir na cabine, nunca foi só isso.

Qual o maior desafio de um DJ atualmente?
Manter-se como tal, com essa explosão de Dj's o que mais se tem é concorrência desonesta, você cobra um valor Y porque sabe o valor do seu
trabalho, vem um pseudo-Dj e cobra 1/4 do seu valor, advinha quem vai fechar o contrato? é claro que alguns donos de boate não têm
essa visão turva das coisas, graças a Deus existem empresários que sabem o que estão fazendo e onde apostar. Pra quem esta começando agora
e sente isso la dentro, é bom ser forte e paciente, uma hora a coisa acontece.

Em que momento da vida você está agora? Como isso influencia o
seu som?
Em um dos melhores momentos desde o início da minha carreira, hoje sou residente na BASE Lounge e estou muito feliz
mesmo com isso, ja fui residente de outras duas casas aqui, Lust e Pride e acredito que tenha feito muito bem o meu trabalho.
Acredito que eu esteja em um momento de amadurecimento, hoje é mais fácil dizer às pessoas o que é bom prestar atenção, apresentar o novo,
novos produtores, produtores... hoje eu tenho mais voz.

Diante de um cenário tão vasto em que a cada dia surgem mais pessoas se dizendo DJ’s profissionais, como se diferenciar?
Diferenciar-se num mundo cada vez mais corrompido esta sendo tarefa de Titã. Infelizmente aqui no Brasil a profissão Dj ainda não existe,
deixando mais difícil ainda, sem uma lei, como impedir? Acredito que minha profissão seja um conjunto de fatores, para ser Dj não adianta
apenas ser um bom produtor ou intérprete de outros produtores, você precisa saber sorrir, ser educado, saber agitar quando necessário,
ter feeling de quando não esta agradando a pista e principalmente saber respeitar quem veio antes de você, hierarquia existe.


Existe, na sua opinião, um “próximo” DJ que deverá se revelar brevemente na cena GLS de Campinas e região, da mesma forma que você
se destacou? Em quem você apostaria?
Existe sim, é claro. Alex Soares e Alex Alves, pra mim são os que vão aparecer por aí muito em breve. Ambos como Dj's produtores.


Como você define a Noite Gay em Campinas hoje?
Sem identidade musical, infelizmente a cena musical Gls perdeu-se pelo caminho de 2000 para cá, antigamente éramos muito á frente,
hoje se você for á uma boate HT irá ouvir o mesmo que ouve em uma boate GLS, no entanto continua sendo a noite mais divertida e pacífica
de todas, não tem como não contagiar-se em uma pista de dança gay, quer melhor representante de alegria do que nós gays?

Qual a música que você mais gosta de dançar e qual mais gosta de
tocar?
Pergunta mega difícil, não dá pra responder , seria uma lista gigantesca, rs.


Qual música não pode faltar numa balada?
Sem citar nomes, não pode faltar aquela que te cause algum tipo de emoção, seja lembrar do seu ex namorado, seja lembrar dos seus amigos,
seja aquela que você ama e te deixa mega feliz, seja qual for, a música que não pode faltar é aquela que mexe com você,
em qualquer momento de sua vida.


Como é o assedio em cima de você, e como você administra isso?
Não é difícil administrar não, o assédio faz parte.

Quer deixar algum recado para a galera que gosta do seu trabalho?
Sim, às pessoas que gostam do meu trabalho o meu MUITO OBRIGADO, tenho recebido elogios das pessoas que frequentam a pista
que eu toco e isso é o que me motiva, obrigado mesmo, de coração. Não anseio grandes vôos ou conquistas, meu objetivo acima de tudo
é ser feliz com o que Deus me deu....e isso eu sou TODOS OS DIAS.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011


Faaaaaaaala pessoas , como estão ?

Segue o link pro meu novo Set, o de Novembro....Beijão à todos..........